domingo , outubro 21 2018
Home / Notícias / SindusCon-PR, FAE e SENAI criam curso de engenharia civil

SindusCon-PR, FAE e SENAI criam curso de engenharia civil

[vc_row row_type=”row” type=”full_width” text_align=”left” css_animation=””][vc_column][vc_text_separator title=”As aulas começam em 2018 e as inscrições para o vestibular podem ser realizadas a partir do dia 11 de setembro” border=”no”][vc_empty_space][vc_single_image image=”14373″ alignment=”center” qode_css_animation=””][vc_empty_space][/vc_column][/vc_row][vc_row row_type=”row” type=”full_width” text_align=”left” css_animation=””][vc_column][vc_column_text]Por Dafne Mazaia

 

O Sinduscon-PR (Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado do Paraná), a FAE (Centro Universitário) e o SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) criaram um curso superior de engenharia civil. As aulas começam no primeiro semestre de 2018 e as inscrições para o vestibular podem ser realizadas a partir de 11 de setembro. Serão disponibilizadas 100 vagas, sendo 50 para o turno matutino e 50 para o noturno.

A grade do curso será baseada em cinco pilares: inovação, sustentabilidade, manejo de novas tecnologias e ferramentas, acessibilidade e modelos construtivos novos. De acordo com o pró-reitor de ensino, pesquisa e extensão da FAE, Everton Drohomeretski, a formação vai inserir conceitos avançados, como o BIM (Building Information Modeling) e tecnologias da indústria 4.0, como automação, sistemas inteligentes e tecnologias sustentáveis. O novo curso também irá abordar a matriz tradicional da graduação de engenharia civil, que é obrigatória.

Um dos diferenciais do curso será a possibilidade da aproximação dos alunos com as empresas associadas ao SindusCon-PR, em que os estudantes terão a oportunidade de vivenciar o cotidiano do setor. O SENAI ajudará com os laboratórios, estágios e projetos.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

About Editora Rudder

Check Also

Estudo aborda a gestão de recursos hídricos transfronteiriços na América do Sul

O estudo da gestão dos recursos hídricos na América do Sul focou na Bacia da Prata. Pesquisadora falará sobre seu trabalho na 22nd Youth Assembly, nos EUA.